Infância

tumblr_lnuq0w720B1qec335o1_500_large

 

Em uma noite fria e chuvosa, em meio a um sono profundo, despertei e levante-me da cama, sentindo uma onda de frio percorrer meu corpo ao encostar os pés mornos no chão gelado. Fui até a janela, Nevava do lado de fora. A neve caia lentamente, sem presa, parecendo uma criança, sem preocupação com o mundo, que anos depois lhe espera. Mundo este que eu começava a descobrir. Mundo que tenta entender, com regras que não queria seguir, uma sociedade que não em identificava. Sociedade de pensamentos engessados.

A neve que estava no chão, brilhava ao refletir a luz do poste da rua. Brilhava como uma criança sorrindo. Sorris que expressa felicidade, verdade, não o sorriso fácil da sociedade.

Saudade da minha infância, sem preocupações, sem cobranças, sem desapontamentos, de alegria. Saudade do colorido, da beleza e da simplicidade das coisas, que agora aprecem cinzas, tristes e comuns. Saudade do mundo chamado infância, onde a imaginação reina, a sociedade não julga e a desculpa para seus erros, é o simples fato de você ser criança.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s